Vídeo da semana #14!!

Chroma inova com um penchée carregado!
Chroma e seu penchée carregado! Foto: Reprodução / Royal Ballet

Mais uma sexta e mais um #videodasemana para vocês!! Hoje, iremos entrar um pouco no universo das montagens mais contemporâneas de companhias famosas. Falamos aqui sobre a necessidade das companhias tradicionais, como Bolshoi e Ópera de Paris, mudarem seu repertório e se modernizarem, trazendo novos tipos de montagens mais contemporâneas. O Royal Ballet já faz isso há algum tempo, e um dos exemplos disso é Chroma!

Criada pelo coreógrafo Wayne McGregor, a obra “explora o drama do corpo humano e sua capacidade de se comunicar em extremos de pensamento e emoção”. Essa definição se faz presente na movimentação dos bailarinos, sempre muito urgente e rápida, e nem por isso menos precisa e técnica que a obra exige. O aspecto dos figurinos e do cenário são perceptivelmente simples, justamente valorizando os movimentos dos bailarinos.

Na coreografia, a escola contemporânea também aparece. Movimentos como contrações, hiperextensões de braços e pernas – tanto na figura feminina quanto masculina – assim como giros e ‘carregas’ com técnicas diferentes. A intenção de “ataque” nos passos e os “desencaixes” do quadril das omoplatas (sempre tão rígidos no ballet clássico!) também mostram que a proposta da coreografia é fugir um pouco do tradicional. Mas nem tudo é tão novo assim! Com formação clássica, McGregor não abandona o en dehors no seu trabalho, e abusa de linhas como arabesque, attitude e penchée (ainda que flutuante).

Vale a pena conferir esse trecho magnífico, interpretado pela Laura Morera e Eric Underwood.

 

Confira nosso arquivo!

Video da semana #13

Vídeo da semana #12

Vídeo da semana #11

Vídeo da semana #10

Vídeo da semana #09

Vídeo da semana #08

Vídeo da semana #07

Vídeo da semana #06

Vídeo da semana #05

Vídeo da semana #04

Vídeo da semana #03

Vídeo da semana #02

Vídeo da semana #01

Anúncios

Carlos Acosta e sua “Carmen” reestilizada

O bailarino e coreógrafo (e deus!) Carlos Acosta divulgou nas redes sociais dele que nesta quinta-feira, 12/11, estreia o último trabalho dele no Royal Ballet. É ele quem dança e assina a montagem de Carmen, ballet que será apresentado junto com “Viscera”, “A Tarde de Um Fauno” e “Tchaikovsky Pas de Deux”. Um mix beeem eclético, fiquei até um pouco surpresa com essa vanguarda toda do Royal!

Agora é que vem o mais legal: a parte boa é que essas apresentações serão transmitidas, ao vivo, para cinemas do mundo todo (como já aconteceu com produções do Bolshoi, Mariinsky e do próprio Royal). A parte ruim é que o Brasil ficou de fora. Na América do Sul, só vai passar na Argentina e no Uruguai 😦

Além de ver a montagem de Acosta (e ele dançando com a diva Marianela Nuñez), queria muito assistir “Viscera”, de Liam Scarlett, uma coreografia muito intensa e com movimentos bem amplos. Fiquei interessada graças ao ensaio com Laura Morera transmitido no World Ballet Day – e é ela mesma quem vai dançar. (Escrevemos sobre todos as companhias que participaram, aliás! Se quiser dar uma olhadinha, clica aqui!)

Agora é esperar (e torcer!) que essa apresentação vire DVD! Por enquanto, temos esse ‘aperitivo’ que o Royal preparou:

 

O ensaio de “Viscera” no World Ballet Day você assiste aqui.