Por quê o pilates é o melhor amigo dos bailarinos

Resolvi pegar carona no sucesso do desafio do Pilates proposto nas nossas redes sociais (não acompanha a gente ainda? Somos @oitotemposblog no Twitter, Instagram e Facebook!) e falar um pouquinho sobre esse queridinho dos bailarinos e se o santo é milagroso, mesmo!

Pra começar, o Pilates foi criado por um autodidata alemão chamado Joseph Pilates. Por conta da infância cercada de doenças (ele sofria de raquitismo, asma e febre reumática), começou a estudar fisiologia e medicina oriental para que não acabasse numa cadeira de rodas. O resultado dessa pesquisa ele pôs em prática em exercícios, que acabaram virando esse método de alongamento e fortalecimento muscular.

Ele é febre entre bailarinos: Tamara Rojo, diretora artística e primeira bailarina do English National Ballet, volta e meia publica uma foto dela em aula. Steven McRae (o da primeira foto), principal do Royal Ballet, faz propaganda desse método abertamente, e diz que é de onde tira força e flexibilidade para dançar. Nossas leitoras Tatiana Schwartz e Juliana Vasconcelos, que participaram do ‘desafio do pilates’, também são entusiastas.

 

Tati2
Nossa leitora Tatiana Schwartz e sua abertura negativa (Foto: Instagram)

Mas os benefícios para os bailarinos realmente são grandes? Para saber disso conversei com Tatiana Rocha, fisioterapeuta e bailarina, que tem um studio de Pilates (o Ponto de Equilíbrio) e pedi a ela que me dissesse o que essa modalidade faz para quem dança. Pelo que dá pra ver, é só coisa boa!

  • Ganho de flexibilidade
  • Ganho de força e resistência muscular
  • Equilíbrio muscular
  • Alinhamento das estruturas corporais
  • Ganho de equilíbrio e eixo corporal através da consciência do centro de gravidade
  • Fluidez nos movimentos
  • Preservação das articulações, estabilizando e mobilizando-as
  • Reduz o risco de lesões

 

E dá resultado?

Experiência própria: eu já fiz musculação convencional em academia e fiz pilates também. Para tonificar a musculatura geral, tanto academia quanto o pilates funcionam bem. Mas o pilates tem o diferencial do alongamento, e trabalha muito a musculatura interna, que é bastante exigida na dança. Fora que não hipertrofia tanto quanto a musculação, deixando a musculatura mais alongada (prefiro)!

O único ponto negativo do pilates é o preço, que proporcionalmente é mais alto do que a mensalidade de uma academia (motivo pelo qual ainda não voltei a praticar, haha!);  massss se você pode investir, vá na fé!

Pra estimular, olha Juliana Vasconcelos arrasando no abdominal!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s